Mapa Pergunte Decore Hiragana

Como Aprender Japonês Sozinho

28 de fevereiro de 2016
Então você quer aprender a falar o nihongo 日本語, ou pelo menos aprender o bastante pra ler aqueles mangá em Japonês que ninguém traduz pra você, ou os light novel em Japonês que ninguém traduz nunca. Pois vou lhe dizer como.

Quero lembrar que aprender Japonês se trata de aprender um idioma. Isso não é uma tarefa fácil, e não é uma tarefa simples. Leva tempo, muito tempo, estou falando de anos aqui.

Nesse momento você deve estar pensando "vou aprender Japonês sozinho" e não está considerando a realidade do seu objetivo. É possível aprender Japonês sozinho? Sim. Com certeza. Só que, da mesma forma que é aprender Japonês em um curso, ou com um professor, é necessário paciência e perseverança.

Você não vai falar Japonês amanhã. Só que se você aprender de pouco em pouco, em um ano você saberá alguma coisa. em dois anos você saberá mais, e um dia você vai falar Japonês.

Por outro lado, se você começar agora e parar daqui duas horas achando que é "muito difícil" ou "impossível", ou achando que precisa de um professor, isso só vai fazer você demorar mais tempo ainda pra aprender, ou quem sabe fará com que você nunca aprenda Japonês.

É importante ter calma e aceitar que se aprende aos poucos.

Hiragana e Katakana

Primeiro e antes de tudo você precisa decorar o alfabeto Japonês; As hiragana ひらがな e as katakana カタカナ. No link tem uma tabela com esse alfabeto.

Você pode ficar só encarando a tabela por umas cinco horas tentando memorizar as coisas, ou pode tentar escrever as kana numa folha de papel, ou pode tentar ler as hiragana de um mangá ou texto em Japonês. Escolha o método que preferir.

Também há aplicativos que mostram uma kana e você tem que digitar o romaji, ou mostram o romaji e você tem que escolher a kana, como o quiz online Hiragana Gakuen que eu criei por exemplo. Se você repetir isso bastante uma hora ou outra você decora todas as 100 kana do alfabeto Japonês.

Screenshot de app para aprender Japonês Hiragana Gakuen

É essencial decorar esse alfabeto o mais rápido possível. Pode parecer que 100 símbolos esquisitos sejam muita coisa, mas estamos falando aqui do nível de uma criancinha Japonesa de 6 anos de idade. Todo o idioma Japonês se baseia nas kana e não existe como aprender mais nada sem aprender pelo menos isso.

Sobre Romaji

Tem gente que diz que só saber romaji já serve. Ou seja, que reconhecer o som tomodachi e saber que isso é a palavra "amigos" em Japonês sem saber escrever ou ler ともだち ou 友達, que é como se escreve essa palavra em Japonês, é a mesma coisa.

Isso, é claro, seria ser um analfabeto. Você sabe os sons das palavras, mas não sabe escrever nem ler, você é um analfabeto. E um analfabeto não saberia procurar no dicionário novas palavras, nem ler nada na internet, ou ler em geral.

Lógico que isso não é o ideal. O jeito é aprender o alfabeto pra ler e escrever em Japonês mesmo, e romaji nem parte do idioma Japonês não é.

Vocabulário e Kanji

Após aprender o básico do fundamental do essencial, o próximo passo é aprender as palavras em Japonês. Juntar vocabulário.

Não preciso dizer que nesse blog tem explicação de um monte de palavras em Japonês junto de romaji e kanji, então fique a vontade.

Use um Dicionário

As palavras que você não souber, ou seja, todas, devem ser procuradas em um dicionário. Existem milhares de dicionários na internet, inclusive Português-Japonês, e você sempre pode comprar um daqueles feitos de papel, dicionários reais.

Quem sabe Inglês além do Português, eu recomendo jisho.org, que é um excelente dicionário online.

Pra quem não sabe Inglês, aí eu não tenho o que recomendar. Uma opção seria usar o tradutor do Google mesmo, só que sempre para palavras individuais. Nunca mande traduzir a frase inteira.

É botar sua cabeça pra tentar entender o que está sendo falado em Japonês que fará você entender o que está sendo falado em Japonês no final das contas.

Consuma Japonês

Para aprender Japonês sozinho é vital ler coisas em Japonês. Usar o idioma é o que faz você aprender o idioma.

O motivo que muitas pessoas que entram em cursos de idiomas e nunca aprendem nada é que eles dependem do curso e do professor pra ouvir e ler palavras estrangeiras, ou seja, não vão atrás de conteúdo na linguagem estrangeira por si só, e com isso sofrem de insuficiência de vocabulário.

Mangás para Crianças

Mangás são excelentes para começar a aprender Japonês, e quero botar ênfase no começar.

Como você tem imagens junto de balões de texto, o que você não entende nas palavras você pode inferir dos desenhos que as acompanham. Além disso, mangás tem muito menos texto que histórias de texto puro, o que permite que você leia mais usando o dicionário menos. É muito mais confortável.

Dentre os mangás, os que se deve ler são do tipo shounen 少年 e shoujo 少女. Esses são feitos para crianças, ou seja, são muito mais fáceis de ler.

Todo mangá desse tipo vem com furigana ao lado dos kanji. Isso quer dizer que mesmo que você não saiba kanji, você vai ter ao mínimo a hiragana pra ler, e com isso dá você ir folheando o mangá e aprendendo novas palavras e jeitos de falar Japonês.

A recomendação universal pra quem está aprendendo Japonês é Yotsubato! よつばと! Esse mangá tem o dialogo mais simples e fácil de entender quer você irá encontrar em mangás.

O mangá Yotsubato é para crianças, tem frases simples e furigana em todo lugar.


Pessoalmente, eu não sou muito de ler mangás. Depois de Yotsubato! eu li Angel Densetsu エンジェル伝説, e mais recentemente Ajin 亞人. Em termos de texto, esses três mangás são bem diferentes, o último, Ajin, já é um seinen 青年 e não tem furigana pra ajudar quem não sabe os kanji.

O mangá Ajin não é para crianças, tem frases explicando coisas, e furigana é raramente usada.


Jogos RPG Antigos

Outra coisa que você pode fazer pra aprender Japonês é jogar jogos RPG antigos.

Quando eu digo antigos, eu quero dizer bem, bem, bem antigos. Tipo, Nintendo e Super Nintendo nível de antigos.

Jogos como Chrono Trigger, Legend Of Zelda, Terranigma, Fire Emblem, Front Mission, etc.

O motivo dessa recomendação um pouco estranha é que jogos RPG tem muito texto pra ler e te dão tempo bastante pra lê-los. Sem falar que a história te ajuda muito com o contexto.

Além disso, nessa época antiga dos jogos, simplesmente não tinha como botar todos os kanji dentro da memória do jogo. No máximo os kanji mais comuns eram usados, em alguns jogos só tinha hiragana e katakana e mais nada.

Por exemplo, o jogo Shin Megami Tensei 真・女神転生 de Super Nintendo só tinha hiragana, mas o remake do jogo que é literalmente a mesma coisa feito pra Game Boy Advance, que possui um hardware superior com mais memória, tem texto cheio de kanji.

Comparação entre Shin Megami Tensei Japonês antigo de Super Nintendo e o novo de Gameboy Advance

Sobre Kanji

O inimigo número um de quem está aprendendo Japonês são os kanji. Na verdade, kanji não é nada difícil como você pode imaginar.

Algumas pessoas veem kanji como um alfabeto de 2100 letras que precisam ser decoradas em detalhes para serem usadas, mas isso não é verdade.

Pense dessa maneira: quantas palavras foram escritas nesse post? A reposta é um número maior que 1000.

Você irá precisar aprender muito mais que 2100 palavras pra falar Japonês ou entender um frase qualquer em Japonês.  O número de kanji não é nenhum exagero.

Outra coisa é que não se aprende kanji em si. Você precisa aprender palavras e os significados das palavras, e então você irá sacar os kanji que as palavras têm.

Por exemplo, você tem que aprender que "homem" é otoko, e que otoko em hiragana é おとこ, e que a palava おとこ escrito com kanji é 男. Depois que você aprender isso, você sempre irá associar 男 com "homem," mesmo em palavras como danshi 男子 que quer dizer "garoto."

Isso é o que faz kanji ser um ideograma. Uma ideia em forma de símbolo.

Se você aprender o vocabulário, especialmente com mangás que tem kanji e hiragana uma do lado da outra, você naturalmente ira decorar os kanji, mesmo que você não perceba isso. Então não precisa se preocupar com eles. Afinal os kanji sozinho não prestam pra nada.

Conversando em Japonês

Acabou o negócio de aprender Japonês sozinho. Agora você precisa conversar com alguém.

Chega um ponto na vida que esse é o único jeito de melhorar na linguagem. Ler e escutar Japonês é uma coisa, mas escrever e falar é outra muito mais difícil.

O problema está em uma coisa só: gramática.

Você pode não saber a diferença das partículas は e が, ou quando se deve usar masu ます no final de um verbo, mas como são quase a mesma coisa, na hora de ler não tem importância.

Por outro lado, na hora de escrever é que a situação complica. É o mesmo que alguém escrevesse "o carro do ele" em Português em vez de "o carro dele."  Você entende, mas ainda sim está errado.

O único jeito de passar desse nível é ter alguém disposto a te corrigir ao seu lado. Alguém que saiba realmente falar Japonês. Afinal você não quer que alguém que não tenha certeza do que esta falando te corrija. E agora?

Graças aos nerds, não é necessário ir pro Japão nem sair do teu quarto pra conseguir algo assim hoje em dia. Isso mesmo. Há um site para esse tipo de coisa.

No site lang-8.com você pode criar posts em Japonês pra um usuário do Japão corrigir e falar onde você errou. Porém, você não pode esquecer de corrigir os posts de quem está aprendendo Português também.

No lang-8.com dá pra postar em outros idiomas, como em Japonês, e ser corrigido por falantes nativos da língua

Quem sabe você até arranja um amigo Japonês que está aprendendo Português e vocês começam a conversar no skype em dois idiomas ao mesmo tempo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu komento コメント no posuto ポスト desse burogu ブログ