Artigos Dicionário Aprenda Ler

Kanji Japonês - tudo sobre

20 de março de 2016
Uma das coisas mais difíceis de se aprender em Japonês são os kanji 漢字. Uns milhares e milhares de ideogramas, com jeitos de ler diferente, significados diferentes, e que quando juntos formas palavras Japoneses com outros significados e jeitos de ler ainda por cima. Mas como será que eles funcionam?

Índice:

Esse post fala do que é kanji, mas não ensina nenhum kanji individual. Para isso, veja o livro Kanji e Mangá que ensina um número de kanji fundamentais do idioma Japonês, ou procure por métodos e ferramentas de memorização de kanji. Elas existem tanto de maneira tradicional como digital.

Kanji, Kana e Romaji

Para começar a falar de kanji 漢字 acho melhor falar de onde ele vem, e qual a diferença entre kanji, hiragana, katakana e romaji.

Há muito tempo atrás o Japonês era falado mas não possuía letras para poder ser escrito. Para tornar a escrita possível, os caracteres Chineses, chamados de hanzi 漢字 em Chinês, ou kanji 漢字 em Japonês, foram incorporados ao idioma, e mais tarde dois alfabetos exclusivos do Japonês, hiraganakatakana, foram criados a partir desses kanji da China

(fonte: Wikipedia. Hiragana History, Kanji History)

O romaji ロマ字 por outro lado, não vem do Japão mas sim da Europa, e é um jeito de escrever Japonês com letras do alfabeto romano. Daí o nome, roma-ji. (mais sobre romaji)

A diferença entre kanji, hiragana, katakana e romaji.

Ambos kanji e romaji têm esse kanji ji 字, que significa "letras". O kan 漢 quer dizer China, o roma ロマ vem da Romano, literalmente, kanji significa "letras chinesas", e romaji sigifica "letras romanas".

Palavras e Kanji

Os kanji não são palavras Japonesas, e as palavras não kanji. Os kanji não passam de umas letras bem complexas no idioma Japonês e em sua escrita.

Existem sim palavras feitas de um kanji só, como kuchi 口, "boca", otoko 男, "homem", onna 女, "mulher", e etc. Mas são mais comuns palavras que combinam vários kanji, como kuchibue 口笛, "assobiar." E até uns que vão além, tipo mecha kucha 滅茶苦茶, "extremamente".

Também é normal palavras combinarem kanji e hiragana ou katakana. Como é o caso de todos os verbos em Japonês, adjetivos, e algumas raras palavras.

Nem toda palavra têm kanji, especialmente neologismos, palavras novas. inventadas e gírias. Algumas palavras têm kanji mas é mais comum escrevê-las sem kanji, usando somente hiragana. Outras, não deveriam nem ter kanji, mas são associadas a kanji que carregam algum significado similar, isso é chamado de ateji 当て字.

Ideogramas e Significados

Todo kanji é um ideograma, ou seja, é um símbolo que carrega uma ideia em si. Alguns kanji têm mais de uma, mais de um significado, mas em sua maioria, os significados dos kanji são bem óbvios e fáceis de se compreender.

Por exemplo, 男 e 女 são os kanji que significam homem e mulher em Japonês. Toda as palavras com 男 e 女 têm alguma coisa haver com homem ou com mulher, mas nem todas são exatamente "homem" ou "mulher". A palavra oujo 王女 por exemplo, que quer dizer "rainha", junta 王 que significa "rei" com o kanji para mulher..

Não São Desenhos

Já ouvi gente dizer que os kanji são desenhos. Cada um é um desenho de alguma coisa, e disso vem seus significados. Essas pessoas citam, por exemplo, hito 人, que é "pessoa" e parece um pessoa andando com duas pernas. Ou ki 木, que é "árvore" e parece uma árvore.

Não acho que isso seja verdade, e mesmo se fosse não tem efeito prático. Veja por exemplo 絶 que significa "interromper", seguindo a teoria, isso seria um desenho de quê?

A realidade é que essas letras estranhas e sem muito fundamento apenas carregam um significado. Quem lê kanji associa o significado com o kanji e vice-versa, mas não associa o kanji com um desenho de alguma coisa. Talvez como mnemônica, para lembrar mais fácil, mas no final das contas existem kanji demais para ficar inventando desenhos.

Radicais ou Componentes

Em vez de cada kanji ser um desenhos de alguma coisa, kanji são na verdade compostos por componentes chamados de "radicais", ou bushu 部首. Esses radicais são desenhos que aparecem em um lado ou canto do kanji, colocados horizontalmente, um dentro do outro, ou até mesmo empilhados.

O kanji 口 por exemplo é composto por apenas um radical, o 口 mesmo. Veja que ele aparece no canto de 部. Alguns radicais podem ficar um pouco distorcidos dependendo do kanji onde são usados, o radical 口 por exemplo costuma ter linhas passando verticalmente por ele.

O radical kuchi 口, e alguns kanji onde esse radical é usado.

Até onde sei, esses radicais não possuem significado algum. Duas palavras que têm o mesmo kanji podem ter alguma coisa haver com a outra, mas dois kanji que têm o mesmo radical não costumam ter nada a ver. Nem seu significado, nem sua leitura.

Lendo Kanji

Ler kanji é sem dúvida a parte mais complicada sobre kanji. A leitura de palavras em Japonês se deriva da leitura dos kanji na palavra, que pode variar muito. Realmente muito.

Para quem está aprendendo Japonês o melhor jeito é aprender vocabulário, ou seja, as palavras Japonesas, do que aprender a ler os kanji individuais e seus significados.

Cada kanji possui um ou mais jeitos diferentes de ser lido, ou seja, suas leituras. Não há nenhuma dica sobre como essas leituras são, e elas são completamente separadas de seus significados.

Além disso, do mesmo jeito que há várias homônimos em Japonês, palavras com o mesmo som mas com significados diferentes, também há vários kanji com a mesma leitura mas significados diferentes. Um exemplo óbvio, kanji 漢字 e kanji 感じ, "letras chinesas" e "sentimento", o kan é uma leitura de ambos 漢, "China" e 感, "sensação".

Para piorar, algumas palavras alteram as leituras dos kanji de um forma ou outra. Por exemplo, hatsu é uma leitura de 発, ichi de 一, e ni de 二. A palavra "dois tiros" 二発 é lida como nihatsu, porém, "um tiro" 一発 é lido como ippatsu.

O kanji repetidor 々 também costuma mudar a leitura dos kanji. Por exemplo, hito é uma leitura de 人 sozinho, porém, 人人 ou 人々é lido como hitobito.

Lendo Furigana

O único jeito de ser ter certeza da leitura de uma palavra e de seus kanji em Japonês é através do uso da furigana 振り仮名.

Isso não tem tanto haver com hiragana 平仮名 ou katakana 片仮名 quanto parece.

furigana é quando se escreve ao lado de uma linha com letras menores. Isso pode ser ao lado direito das palavras quando a leitura é de cima para baixo, da direita para esquerda, ou pode ser em cima das palavras quando o texto é escrito da esquerda para direita, de cima para baixo.

O que é furigana, onde fica furigana nos textos Japoneses.

Originalmente, a ideia da furigana é de ajudar a ler kanji. Em mangás shounen 少年 e shoujo 少女, feitos para crianças que não sabem muito kanji, a presença de furigana é praticamente obrigatória. Em textos para adultos que já tem conhecimento de kanji, furigana é usada somente em kanji raramente encontrados,difíceis de ler, ou ambíguos.

Os kanji para animais, por exemplo, são extremamente raros de se encontrar em textos, já que os nomes dos animais costumas ser escritos usando apenas hiragana. Quando kanji é usado, furigana também precisa ser usada, a menos que o público alvo do texto sejam pessoas acostumadas a ler os kanji de animais, como veterinários, biólogos, etc.

A furigana também pode ser usada como um recurso de escrita. Em vez de se escrever a leitura de um kanji, pode se escrever uma outra palavra relacionada. Palavras em Inglês podem ter furigana com a leitura em katakana da palavra ou vice-versa. Vale escrever até kanji no espaço para furigana se quiser.

Leituras On'yomi e Kun'yomi

Como disse, um kanji só pode ter mais de um leitura. Essas leituras costumam ser divididas em dois tipos: a "leitura kun", kun'yomi 訓読み, e a "leitura on" on'yomi 音読み.

Como exemplo, o kanji 人 que significa "pessoa" tem as leituras hito ひと, nin にん e jin じん. No caso, hito é kun'yomi, nin e jin são on'yomi. Essas três leituras aparecem diversas palavras diferentes, mas o significado de 人, independente da leitura usada, permanece o mesmo. (algumas palavras com 人)

Diferença

A diferença entre kun'yomi e on'yomi é simples porém histórica. Lembra que eu disse que kanji são na verdade importadas da China? Pois é, não foi só as letras que foram importadas.

Palavras de origem Chinesa usam on'yomi, como kanji 漢字 por exemplo. O kan de 漢 e o ji 字 são ambas leituras on'yomi.

Palavras de origem Japonesa, que já eram escritas com hiragana, tiveram kanji adicionados a elas. As palavras Japonesas em si não mudaram em nada, sua pronúncia e significado continuaram o mesmo. Lógico, não houve a coincidência de que os kanji Chineses com mesmo significado que as palavras Japonesas também tivesse a mesma leitura que elas, com isso o reverso foi feito: as leituras das palavras Japonesas foram associadas aos kanji, Essas leituras foram chamadas de kun'yomi.

Com isso, toda leitura kun'yomi também é uma palavra Japonesa, mas nem toda leitura on'yomi de um kanji é uma palavra no idioma Japonês.

Discernindo

Verbos Japoneses e adjetivos terminados em -i -い precisam terminam em hiragana para poderem ser conjugados. A palavra yomu 読む que quer dizer "ler" pode virar yonda 読んだ no passado através dessas inflexões, e hayai 早い pode virar hayakatta 早かった. Com isso, nesses tipos de palavras é bem possível que a leitura do kanji seja o kun'yomi.

Por outro lado, palavras que não têm hiragana do final têm mais chance de serem lidas em on'yomi. Como gakkou 学校 por exemplo. O kun'yomi de 学 sendo mana-bu 学ぶ.

Entretanto, há palavras que são metade on'yomi e metade kun'yomi. Como a palavra on'yomi 音読みmesmo. O on 音 está na leitura on, o yo-mi na leitura kun. Veja que yo-mi não passa de uma conjugação do verbo "ler", yo-mu 読む, que tem origem Japonesa.

Para quem está curioso, o contrário de on 音, ou seja, a leitura kun do kanji 音, seria oto 音, que quer dizer "som," e também há a palavra ne 音, que também é "som" e também está em kun'yomi. Por outro lado, a on'yomi de 読 é doku 読. Como na palavra dokusha 読者, que quer dizer "leitor".

Nomes com Kanji

Japoneses adoram usar kanji em nomes. Nomes de família, nomes de familiares, de filhos, netos, etc. Esses kanji costumam ser escolhidos pelos seus significados, como de coragem, poder, força, beleza, riqueza, e assim por diante, o que acarreta um certo problemas.

Combinando esses kanji aleatórios para formar nomes é o mesmo que inventar palavras que não existem, e isso vira um desastre na hora de ler.

Como se não bastasse o kun'yomi, on'yomi, e etc. Grande parte da habilidade das pessoas lerem kanji vem do fato delas estarem acostumadas com as palavras, não com os kanji. Ou seja, você já viu uma certa combinação de kanji tantas vezes que você sabe o que essa combinação significa mesmo sem saber o que os kanji individuais da palavra significam.

Porém, com nomes essa facilidade desaparece. Pense em seu nome por exemplo. Quantas vezes você já leu seu nome escrito em algum lugar? Agora pense em quantas vezes você já viu a palavra "nome" escrita em algum lugar. Fica óbvio que nomes são coisas raras de serem encontradas e lidas em textos.

Se você já assistiu um anime que passou em uma escola qualquer você já deve ter visto um personagem novo se matricular e começar com a comum cena de escrever o próprio nome da louza. Isso não é sem motivo! Não tem como saber a pronúncia dos kanji do nome do personagem se ele não falar.

Em mangás é bem comum furigana ao lado dos nomes dos personagens a primeira vez que o nome deles aparece, mesmo em mangás seinen 青年 e josei 女性 que são para adultos que já sabem boa parte dos kanji.

Nanori

Para acabar com tudo, a pior das piores coisas, o absoluto em pioridade de se ler kanji. Os nanori 名乗り. Esses nanori não leituras de kanji que só existem em nomes e em mais lugar nenhum.

Por exemplo, veja o nome da vocaloid Hatsune Miku 初音ミク. A parte hatsune 初音 é um nome de família normal. A palavra hatsumimi 初耳, "ouvir pela primeira vez", existe, nejime 音締め, "tom de som." também existe.

Porém, esse miku ミク aí, que no momento está escrito em katakana, pode ser o nanori miku 未来. Normalmente 未来 é lido como mirai, e seria a palavra "futuro". Porém, quando usado em nomes, e somente em nomes, 未来 pode ser miku 未来, mina 未来, miko 未来, miro 未来, mira 未来, yume 未来, iru 未来, miyuki 未来, asuka 未来, ayumu 未来, etc. etc. etc.

Ou seja. Pode ser praticamente qualquer coisa. Os pais querem que o nome da filha seja Asuka, mas que tenha o significado de "futuro", é só falar que é asuka 未来 e pronto, não se discuti mais.

Nomes em Anime e Mangá

Como disse, nomes em Japonês costumam ter alguns significados meio que escondidos dentro deles, por causa disso, algumas vezes os os personagens de anime, mangá, ou de qualquer outro tipo de ficção Japonesa, têm seus nomes escolhidos a partir do significado que eles possuem.

Na maioria das vezes isso é apenas uma dica sobre o personagem, uma característica adicional. Outras vezes o nome pode ser uma piada. Ou até ter algum significado mais especial.

Lembrando que estou falando do significado dos kanji nos nomes, não estou falando de nomes de personagens como a princesa Piña Co Lada de Gate: Jieitai Kanochi nite, Kaku Tatakaeri ゲート自衛隊彼の地にて、斯く戦えり cujo nome nem kanji não tem e não passa de uma piada.

Estou falando de nomes como Okonogi Yuuko 小此木 優子 e Amasawa Yuuko 天沢 勇子, duas personagens do anime Dennou Coil 電脳コイル que têm tanto haver entre si no anime que até seus nomes são iguais.

Relação entre os nomes dos personagens Okonogi Yuuko 小此木 優子 e Amasawa Yuuko 天沢 勇子 do anime Dennou Coil e o significado de seus kanji.

Claro que isso não é algo só do Japão. Nomes de personagens fora do Japão, assim como nomes de pessoas fora do Japão, costumam ser baseados em alguma coisa, algum significado especial. Por exemplo, nomes que terminam em "-el", como Ezequiel, Rafael, Manuel, e etc. têm raízes em nomes de anjos ou profetas de milhares de anos atrás.

Quantidade de Kanji

Uma questão natural para falantes de linguás como a nossa, com alfabetos de meros 100 símbolos diferentes contando pontuação, maiúsculas, acentuação e etc. é quantos kanji existem exatamente?

Essa pergunta é meio difícil pra mim responder. Na verdade são muitos, mas grande maioria dos kanji nem são usados. É como a trema, que aparece em cima do "ü", ela era comum num tempo e foi desaparecendo aos poucos até que virou história. Ou a crase no "à" que você só vê de vez em quando.

Uma pergunta mais realista, quantos kanji são usados normalmente, seria mais fácil de se responder. A resposta disso é 2136 (fonte: Wikipedia Jouyou Kanji).

Jouyou Kanji 常用漢字

Esses 2136 kanji formam o chamado jouyou kanji 常用漢字, literalmente "kanji usado regularmente". Segundo o governo do Japão, todo cidadão Japonês precisa saber desses 2136 kanji para ser considerado alfabetizado e poder viver uma vida normal no Japão, lendo, escrevendo e falando Japonês.

Para quem está aprendendo Japonês esse número pode parecer absurdo. 2136? Fala sério, né? Quem que vai ter tempo de aprender tudo isso?

Pois é, acontece que Japoneses têm tempo para aprender, e não estou dizendo que Japoneses são vagabundos sem mais nada o que fazer. Eles aprendem esse imenso número de kanji na escola, da primeira série do fundamental até o fim do ensino médio. Uma década é tempo o bastante. (sobre séries escolares no Japão)

Kanji Kentei 漢字検定

O maior número de kanji encontrada em um lugar só está no primeiro nível do exame Kanji Kentei 漢字検定, ou Nihon Kanji Nouryoku Kentei 日本漢字能力検定, que existe para testar a habilidade dos Japoneses de ler e escrever kanji.

Esse exame tem 10 níveis. O nível 10 é o mais fácil, testando meros 80 kanji aprendidos na primeira série do ensino fundamental. O nível 2 testa os 2136 jouyou kanji que se aprende até o fim do ensino médio. Veja que somente 23.9% passam nesse exame, ou seja, muita gente não sabe os 2136 kanji por inteiro. O nível 1, o mais difícil, testa 6355 kanji. Isso mesmo. 6355! Três vezes mais que o nível 2!! (fonte: Wikipedia Kanji Kentei)

Japoneses Sabem Todos os Kanji?

Outra pergunta completamente natural é se Japoneses realmente sabem ou não esse monte de kanji. Se as porcentagens do Kanji Kentei não convenceram você, aqui está um vídeo que talvez o convença. (é metade em Inglês, mas acho que dá para entender)



Ler e Escrever Kanji

Uma coisa importante sobre kanji que aparece no vídeo acima é como é difícil escrever os kanji. Na verdade, é perfeitamente possível ler kanji sem saber como escrevê-los.

Isso acontece pelo fato de nós filtrarmos ideias por contexto. O som kanji pode ser as palavras kanji 漢字, "letra Chinesa" ou kanji 感じ, "sentimento". Dá para saber de qual estamos falando pelo resto da frase onde a palavra é usada.

De mesma maneira, mesmo se você não lembrar perfeitamente o desenho de um kanji, é possível entender qual kanji está escrito quando você junto a sua memória vaga da aparência do kanji com o contexto onde ele é encontrado.

Se você lembrar metade de 漢 e metade de 字, é possível que você consiga ler 漢字 mesmo sem conseguir escrever a palavra inteira com suas próprias mãos, ou até mesmo sem conseguir escrever qualquer um dos dois kanji.

2 comentários:

Deixe seu komento コメント no posuto ポスト desse burogu ブログ